Ícone buscar

Imersão Enem reúne mais de 300 Estudantes Seduc para revisão de conteúdos dentro da programação no SALIPI

  • Pedro Melo
  • 10/06/2024

Os estudantes da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) estão participando ativamente da programação da 22ª edição do Salão do Livro do Piauí (Salipi), na Universidade Federal do Piauí (UFPI). Nesta segunda-feira (10), teve início a Imersão Enem 2024, uma ação que visa preparar mais de 300 estudantes do 3º ano do Ensino Médio para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Durante os próximos cinco dias, os alunos terão a oportunidade de revisar conteúdos, resolver questões e assistir aulas ministradas por Professores Especializados. As aulas acontecem no Cine Teatro da UFPI todos os dias no turno da tarde até sexta-feira (14). A abertura contou com revisões de Matemática, com o Professor Marco Antônio, e Biologia, ministrada pelo Professor Diego Vaz. 

O Secretário de Educação, Washington Bandeira, destacou a importância dessa iniciativa. “Cada dia da semana será dedicado a uma área do conhecimento, como Linguagens, Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Redação e Matemática. O acesso e o material são gratuitos e participarão alunos de todas as Gerências Regionais de Ensino da Seduc”, explicou o Secretário da Educação, Washington Bandeira.

Estudantes de diversas escolas estão participando da Imersão Enem 2024, incluindo CETI Benjamin Baptista, CETI Helvídio Nunes, CETI Solange Viana, CETI Antônio Maria Madeira, CETI Modestina Bezerra, CETI Raldir Cavalcante, CETI Fenelon Castelo Branco, CETI Antônio Freitas, CETI Rama Boa, Premen Norte e U.E. Professora Maria de Lourdes Rebelo

Luiz Fernando Soares, Estudante Seduc do CETI Benjamin Baptista, é um dos alunos que participou do primeiro dia de imersão. “É uma oportunidade de intensificar a preparação e aprimorar, de modo geral, o que já está sendo trabalhado em sala de aula. Estamos nos preparando muito bem, são muitas estratégias que a escola oferece. Meu foco é fortalecer as competências nas áreas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza”, disse.