Ícone buscar

Programa Piauiense de Alfabetização na Idade Certa completa três anos transformando a vida de mais de 200 mil crianças no estado

  • Ascom Seduc
  • 24/05/2024

Com o propósito de assegurar as condições necessárias para que todas as crianças piauienses cheguem ao final do 2º ano do Ensino Fundamental com o domínio das competências de leitura, escrita e letramento matemático, o Programa Piauiense de Alfabetização na Idade Certa (PPAIC) completa três anos transformando a vida de mais de 200 mil estudantes piauienses.

Ao longo desses três anos, o programa se consolidou como a maior iniciativa em regime de colaboração da história do Piauí. Entre as principais ações implementadas, destacam-se as formações continuadas de 23.796 professores e 5.232 gestores escolares da creche até o 2° ano do Ensino Fundamental; a distribuição de Material Didático Complementar produzido por professores piauienses; a realização de encontros formativos e mentorias para os Dirigentes Municipais da Educação e as equipes técnicas das secretarias municipais da educação em todos os municípios.  


"Um investimento de mais de 94 milhões para garantir que até os 7 anos todas as crianças saibam ler, escrever e fazer contas simples", afirma o Secretário de Estado da Educação, Washington Bandeira.

Um outro foco do PPAIC é a avaliação diagnóstica para acompanhar o desenvolvimento da Leitura e da aprendizagem de Língua Portuguesa e Matemática das crianças matriculadas nas escolas da rede pública. Em 2023 foram avaliados 110.820 alunos, enquanto em 2024 esse número mais que dobrou, alcançando a marca de 244.517 mil alunos avaliados. Este aumento reflete o compromisso do Estado em melhorar a qualidade da educação através da reformulação e monitoramento de políticas educacionais.


Para Wilza Maria, professora da Escola Municipal João Pinheiro, de Bom Jesus, uma das principais vantagens do programa é a possibilidade de compartilhar experiências e boas práticas entre diferentes entidades, bem como ter uma maior integração e cooperação para buscar os melhores resultados educacionais.

“Esse programa nos orienta a ter mais recursos para aulas dinâmicas, nos auxilia nas aprendizagens lúdicas e a construirmos recursos pedagógicos para que nossa fundamentação teórica seja alinhada ao nosso planejamento. Da educação infantil até a alfabetização, participamos das formações e saímos preparados com os conhecimentos para alfabetizar as nossas crianças”, disse a professora.

O pequeno João Lucas de Alencar Almeida, 8 anos, já se aventura na leitura graças ao trabalho desenvolvido na Unidade Escolar Severo Rocha e aprova a forma divertida como tem aprendido a ler e escrever. “As professoras trabalham com a gente de forma divertida e conseguimos aprender a ler e escrever com mais facilidade. Esse ano ganhamos o Prêmio Alfa-10 e a escola terá novos brinquedos para nosso aprendizado ser mais prazeroso”, contou.  

A escola de João fica no município de Jacobina do Piauí e foi uma das vencedoras do Prêmio Alfa-10, um incentivo do PPAIC para valorizar as escolas e municípios que se destacam na alfabetização das crianças e apoiar aquelas que ainda não conseguiram atingir a meta. Nas 3 edições do Prêmio, 127 escolas foram  premiadas e 127 asseguradas. 

Dados da mais recente Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) Contínua do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revelam que no Piauí mais de 99% das crianças e jovens, com idade entre 06 e 14 anos, estão frequentando a escola. Segundo o secretário de Estado da Educação, Washington Bandeira, investindo na alfabetização de crianças na idade certa é possível gerar impactos positivos a longo prazo, contribuindo para o aumento da escolaridade e a redução da evasão escolar.

"Com mais crianças frequentando a escola, é fundamental somar esforços e dividir responsabilidades com os municípios para que possamos trabalhar de forma sistemática e formar uma rede de educação integrada que ofereça ensino de qualidade e fortaleça a Educação do nosso Estado", frisou o Secretário.


Washington Bandeira lembrou que, em 2023, o Governador Rafael Fonteles, por meio da Seduc, lançou o Pacto pela Educação, uma política de Estado para ampliar os investimentos e fortalecer o Regime de Colaboração com os municípios.

"A ideia do Pacto é promover ações que fortaleçam o regime de colaboração com os municípios, permitindo trabalhar de forma cada vez mais integrada, criando um Sistema Estadual de Educação. Este ano, tivemos um aumento significativo de recursos voltados para o regime de colaboração, passamos de R$ 43 milhões, em 2023, para R$ 94 milhões", ressaltou Bandeira.

O Secretário da Educação destacou ainda as ações em parceria com o Pacto pelas Crianças, programa coordenado pela primeira-dama Isabel Fonteles, voltado para a primeira infância. "Os municípios que aderiram integralmente ao Pacto pela Educação e trabalham em regime de colaboração no PPAIC, Novo PROETE e outras ações têm prioridade para receber os kits creches e as brinquedopraças que foram adquiridos pela Seduc, para incentivar a construção de novas creches pelos municípios", afirmou Washington Bandeira, reafirmando que Educação é prioridade na Gestão do Governador Rafael Fonteles.

Outras Notícias

Notícias
22/06/2024

Secretário Washington Bandeira prestigia formatura de 814 novos graduados pela UAPI em solenidade no Teresina Hall

Notícias
21/06/2024

Estudantes Seduc do Curso Técnico em Marketing Digital produzem vídeo e divulgam a Seduc LEM

Notícias
21/06/2024

Cerca de 100 mil estudantes Seduc fazem simulado da prova Saeb nesta sexta (21)

Notícias
21/06/2024

Estudantes Seduc em Arraial-PI aprendem a criar arte reciclável após curso em parceria com Senar

Notícias
21/06/2024

Xaxado e homenagem ao Cordel marcam Arraial do CETI Gov. Dirceu Mendes Arcoverde

Notícias
20/06/2024

UAPI celebra formatura da segunda turma com expectativa de 800 novos graduados neste sábado (22) no Theresina Hall