Plataforma da Seduc contribui com a formação dos professores

09/11/2018     Ranielly Veloso

Foi apresentada nesta sexta-feira (09) para mais de 50 professores, gestores e consultores uma plataforma online que vai receber contribuições de especialistas da área da educação e sugestões de professores e sociedade em geral para a elaboração de um documento geral que regulamente a unificação das formações continuadas para professores da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) nos 224 municípios do estado. Após a finalização do documento, todas as formações do estado deverão partir do Centro de Formação Antonino Freire. "A plataforma politicadeformacao.forumeiros.com a partir de hoje vai estar à disposição de todas as pessoas interessadas em contribuir com esse documento. O nosso público alvo é o professor, mas a plataforma está aberta", explicou a professora Gildete Millu, diretora do Centro de Formação Antonino Freire.



Assim vai ficar mais fácil oferecer formações aos professores do interior pela mediação tecnológica, via Canal Educação e cursos de pós-graduação, como especializações, mestrado e doutorado. "É uma satisfação da parte da Seduc estar preparando o Centro de Formação Antonino Freire para se tornar o centro de referência de formação continuada para os nossos professores. Isso tudo na perspectiva de atender cada ver melhor nossos alunos", enfatizou o professor Carlos Alberto Silva, superintendente de ensino da secretaria. 

Desde 2016, professores integrantes da comissão delegada para fazer o documento de Política de Formação da Rede Estadual de Ensino estão participando de fóruns e simpósios para debater temas relacionados à qualificação profissional dos professores e agora chegou o momento de reunir o que foi produzido na Versão Zero da Política da Formação Continuada do Estado. "Passado esse momento de contribuições na plataforma, a equipe vai sentar e analisar as conclusões para chegar ao documento final, por isso que esta é a versão zero, porque ela não está concluída, ela está merecendo e precisando da contribuição dos profissionais da educação", esclarece a diretora Gildete Millu.

A professora doutora Patrícia Lucas junto com uma equipe fez a revisão de duas metas importantes do Plano Nacional e Estadual de Educação. "Nós analisamos essas metas para pensar de que forma podem ser otimizadas afim de contribuir para uma melhora na formação continuada desses professores", disse a colaboradora da Universidade Federal do Piauí. 



A Fundação Lemman, que também esteve presente no encontro, trabalha com 24 secretarias no Brasil e detectou que as redes de ensino que tiveram melhores resultados com os alunos foram as que usaram uma política de formação definida, pois é a responsável por nortear os passos da educação. "O bom é que no Piauí nós abrimos a consulta pública, que é algo inovador. Nos outros estados ainda não conseguimos realizar uma consulta pública como está sendo realizada aqui, através de uma plataforma com o tempo de participação de toda a rede. Então isso é uma novidade e que dá mais legitimidade ao documento", relata Estêvão Pinheiro, consultor da Fundação.



O próximo encontro está marcado entre os dias 27 e 30 deste mês de novembro também no Centro de Formação dos Profissionais da Educação Básica Antonino Freire no II Fórum Estadual de Formação dos Professores da Educação Básica do Piauí.



SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI