Governo lança Programa de Certificação Profissional do Piauí

15/01/2019     Marconni Lima Fotos: João Albert

Com a proposta de reconhecer o profissional através da experiência adquirida ao longo da sua vida, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, lançou na noite desta segunda (14), a Certificação Profissional do Piauí (Certific-PI). O evento aconteceu no Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) Prefeito João Mendes Olímpio de Melo, na Vila Operária, zona norte da capital.


O projeto vai dar oportunidade a jovens, a partir de 18 anos, inseridos ou não no mercado de trabalho, que buscam reconhecimento das habilidades adquiridas na área em que atuam. Assim, aquele trabalhador que exerce uma função, sem um curso ou certificado específico, com o Certific-PI vai poder adquirir formalmente o certificado.



O evento contou com a presença do Governador Wellington Dias; da deputada federal, Rejane Dias; do secretário da Educação, Hélder Jacobina; representantes das empresas Claro, Oi e Vickstar; dentre outras autoridades, além de trabalhadores e comunidade em geral.


"O Certific é uma novidade no Brasil, o Piauí sai mais uma vez na frente com um excelente projeto. Nós vamos dar oportunidade para um grande público, pessoas que possuem uma profissão, mas não têm o devido reconhecimento, o diploma, e o objetivo desse programa, é garantir a valorização dos saberes naturais. O pedreiro, o eletricista, o mecânico, que trabalham há anos em suas respectivas áreas e não têm a diplomação, poderão adquiri-la através do Certific, destacou, o Governador do Estado Wellington Dias.



Os interessados poderão se inscrever para certificação nas áreas: Cabista de Sistema de Telecomunicações; Instalador e Reparador de Equipamentos de Transmissão em Telefonia; Instalador e Reparador de Linhas de Telecomunicação; Instalador e Reparador de Linhas e Sistemas de Telefonia e Instalador e Reparador de Redes, Cabos e Equipamentos Telefônicos.


De acordo com a diretora da UETEP Adriana Moura, o Certific é uma demanda já necessária dentro da realidade do estado. "Nós temos na rede profissional, pessoas dentro do mercado de trabalho sem a certificação, então vamos dar oportunidade para que esses profissionais tenham um diploma que comprove suas habilidades", afirma Adriana.



Outra novidade é que o programa será ampliado no próximo semestre, com a oferta de certificação nas áreas de mestre de obras, eletricista e técnico em informática. Além de inseridos no mercado, os beneficiados com o programa também poderão concluir concomitantemente os estudos pela EJA (Educação de Jovens e Adultos).


"Fico feliz pelo caminho que o Piauí vem percorrendo na área da educação e hoje foi dado mais um passo com o lançamento da Rede Estadual de Certificação Profissional do Piauí (Certific-PI). Com este programa criado pelo Governo do Estado, por meio da Seduc, onde batalhamos pela sua criação, quando secretária", afirmou a deputada federal, Rejane Dias. 

"Parabéns a todos que contribuíram com esta importante ferramenta de profissionalização", finalizou Rejane Dias.



Para o estudante Fernando Marciel, que trabalha na área de telecomunicação, a certificação é muito boa e necessária para o Piauí. "Pra gente que é da área de telecomunicações, que é uma área com poucos cursos, o Certific está qualificando o profissional na área que ele já está, onde muitos já estão no mercado poderão ter o reconhecimento nacional com esse certificado e ele estará apto a trabalhar em qualquer lugar", comemora.


As inscrições para o processo de Reconhecimento de Saberes Profissionais, uma espécie de triagem, irão começar dia 15 de janeiro e se estenderão até o dia 25, presencialmente, na sede da Seduc, das 08h às 13h, na Avenida Pedro Freitas, no Centro Administrativo.



De acordo com o secretário de educação, Helder Jacobina, o Piauí já começa a colher os frutos do Certific. "Já recebemos ligações de outros estados procurando conhecer o programa. Temos um número vasto de pessoas que precisam tanto da escolaridade quanto da qualificação, e o Certific vem com essa missão, então queremos colaborar com vocês e precisamos que vocês também colaborem conosco. Agradeço a participação das empresas privadas aqui presentes e queremos envolver mais instituições para assim podermos incluir outras atividades".


Para o representante da Claro no Brasil, Reginaldo Silva, essa ideia do governo é bastante significativa e tem uma grande representatividade para os cidadãos. "Isso vai refletir em uma qualidade melhor e até superior no mercado de trabalho, pois existem muitos profissionais que estão por aí afora sem o devido reconhecimento e fora das oportunidades", disse Reginaldo.



Após a inscrição, os candidatos terão suas habilidades avaliadas por etapas: entrevista com a equipe multidisciplinar e avaliação do desempenho profissional, para então serem encaminhados aos respectivos cursos e, assim, no fim da etapa serem certificados.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI